Mude, mas comece por dentro de casa.

Eu ouço muitas pessoas dizendo que querem melhorar como ser humano. Querem ser mais empáticas com os outros, querem contribuir mais, querem cuidar, querem ajudar, fazer a diferença para melhor.
Eu mesma já disse isso muitas vezes.
O curioso é que essas mesmas pessoas querem melhorar, porém, não se atentam que a mudança deve começar por dentro de casa. Com aqueles que são mais próximos a elas: esposa, filhos, marido, pai, mãe, irmãos e só então, estarão prontas e evoluídas (de verdade) para contribuir e fazer a diferença para melhor na vida dos desconhecidos ou amigos, colegas etc.
Só que é muito mais fácil praticar a empatia, ser mais gentil, carinhoso, tolerante com os de fora, sabe por quê?
Porque temos a ciência de que os de dentro (de casa) nos amam e por mais que se magoem com as nossas atitudes irão relevar por muito mais tempo do que os de fora.
Aí, passamos a ter dois tipos de EUs em nós: um “evoluído” que trata bem os de fora, e, aquele “de sempre” intolerante,  grosseiro, impaciente, pouco empático e irritadiço com os de dentro.
Isso não é mudar.
Isso não é evoluir.
Isso é usar uma máscara. E ela sempre caí, ferindo quem mais te ama, magoando, amassando a folhinha do amor.
Portanto, se você realmente que mudar e evoluir comece por quem mais te ama, quem está ao seu lado o tempo todo, comece pelos seus, de dentro.
Assim, naturalmente o seu comportamento melhorará com os de fora.
As desculpas não apagam as feridas.
Pense nisso.
Luz, sabedoria e tolerância em nossas caminhadas.

Um comentário

  1. Dinah Dantas

    Ė preciso mudar o mundo interior de cada um.

    “Mude seu mundo, aquele dentro de você, depois conseguirá mudar o mundo fora”

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *