Dica de leitura: Gestão da Emoção.

 

Sou fã do Dr. Augusto Cury, psiquiatra, escritor e um grande orador. Se você não o conhece recomendo a leitura da sua biografia.

Com dezenas de livros escritos, o que mais me impactou, sem dúvida nenhuma foi este: Gestão da Emoção. Nele, ele explica como nós crescemos vítimas de nossos pensamentos e emoções mal gerenciadas, sucumbimos a qualquer desafetado que sofremos, e, acabamos por reagir a qualquer coisa que saía fora de nosso controle.

Não aprendemos a lidar com a frustração, nem com a rejeição, o abandono, a decepção, a traição, perceba que tudo isso não é algo que nós praticamos a nós mesmo. São atitudes que os outros praticam conosco, nos ferem, e, em vez de blindarmos a nossa paz, o que fazemos? Aceitamos o lixo emocional que jogam em nós e ficamos remoendo emoções negativas e pensamentos ruins que só nos prejudicam.

Muitas vezes temos insônia, melancolia, tristeza, acordamos cansado, ficamos impacientes por qualquer coisa, tudo nos irrita e incomoda. A gente as vezes nem sabe a razão real de tanto mau humor, irritação, cansaço e desânimo. Mas, tudo isso é a falta de conhecimento sobre como gerenciar as nossas emoções.

Quem nunca ouviu ou disse a frase: “Eu não levo desaforo para casa. Comigo é bateu-levou.” e acha que isso é uma forma de autodefesa? Quando o Dr. Cury nos mostra que isso é uma baita agressão que estamos cometemos a nós mesmos. Ele nos ensina que quem age assim sofre demais por não saber como se proteger dos outros e assimila tudo aquilo que recebe de negativo das pessoas.

Temos a tendência de reagir e não de refletir. E toda vez que reagimos é porque nos sentimos atacados e achamos que atacar de volta é a única saída. Enquanto, na realidade, muitas das vezes, se não respondermos de imediato, se pensarmos que aquilo que o outro fez conosco diz muito do sofrimento e do vazio que ele deve sentir dentro de si mesmo e nada tem a ver conosco, pouparíamos muitas mágoas e discussões desnecessárias e não jogaríamos a nossa paz pelo ralo.

Nesse livro ele explica tudo isso e nos ensina diversos exercícios para praticarmos a fim de aprendermos a nos blindar e a manter a nossa paz independente do que fizerem com a gente.

Não é fácil praticar, mas se você está cansado de sofrer, de não dormir direito, de se sentir ansioso, de sentir medo, de não ter ânimo para mudar, se também está cheio de carregar tanta emoção negativa dentro do peito, esse livro é para você.

Ou se conhece alguém assim indique o livro.

É uma leitura obrigatória para todo mundo que quer ser feliz.

Boa leitura.

 

Um comentário

  1. Luiz Shigunov

    Eu também gosto muito do Dr. Cury. Ela explica coisas que fazem muito sentido e que nos faz pensar sobre nossas atitudes frente às adversidades da vida que sempre aparecem.

    Vale muito a pena acompanhar o seu trabalho.

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *