Por uma vida mais feliz

Tentar ser feliz ou Insistir na tristeza?

 

Lendo o blog de uma amiga fiquei refletindo sobre seu texto e me questionando se quando uma situação problemática se prolonga por muito tempo significa que estamos tentando ser felizes ou insistindo na infelicidade?

Quantas vezes passamos dias, meses e  até mesmo anos da nossa vida presas em situações ou à pessoas que nos trazem infelicidade, tristeza, amargura, depressão, desilusão e falta de esperança.

Casamentos infelizes, namoros sem paixão, empregos ruins, amigos falsos, faculdade que não tem nada a ver com o que realmente queremos… nossa tem tanta coisa….

Acho que permanecemos nessas situações por serem conhecidas. Sabemos exatamente o que acontecerá no dia seguinte, sabemos que iremos nos aborrecer, sabemos que iremos encontrar com pessoas que nos fazem mal, sabemos que ouviremos comentários maliciosos e injustos, sabemos que o telefone não tocará, sabemos que não ouviremos “Eu te amo”, sabemos que não teremos a segurança daquele abraço quando nos sentirmos sós, sabemos que amanhã será tudo igual  – uma profunda infelicidade.

Ao contrário da situação que desejamos, onde não sabemos como é ser feliz, como nos comportaremos quando ouvirmos aquele “Eu te amo” tão esperado, como reagiremos quando ele falar “Estou aqui para ficar com você, pra cuidar
de você, pra ser feliz com você”, como será a reação do nosso chefe quando formos pedir demissão, como será encontrar um novo emprego e nele fazer novos amigos, ter pessoas que irão nos respeitar, como será ter aquela amiga que vai estar ao seu lado o tempo todo. Enfim, como iremos nos comportar quando essa situação ruim acabar? Será que estamos prontas para sermos felizes?

Lá no fundo, acho que esse é o medo real: de não saber ser feliz. Porque estamos acostumadas com a infelicidade, com a tristeza, em sermos menos e nunca mais.

Fiquei dois anos nessa situação sofrendo, adoecendo, chorando, maltratando minha alma e meu corpo por medo de enfrentar o desconhecido. Hoje superada essa situação, vejo quanto tempo perdi me colocando em uma situação de
tristeza profunda. Talvez não tivesse esperado tanto tempo para mudar, talvez tivesse enfrentado o desconhecido, talvez tivesse sido feliz há mais tempo.

Talvez…

Se você também está aprisionada em uma situação infeliz, MUDE! Não espere nem mais um minuto para mudar. Fácil!? Não, não é fácil mudar. Mas, acredite você merece (e consegue) SER FELIZ.

Não se aprisione em lágrimas, tristezas, mágoas por ser uma situação conhecida.

Você tem uma missão no mundo: ser feliz. Não mude isso!

Seja Feliz!!!!

Beijos,
Luz.

6 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *