Um salve à franqueza masculina!

texto42

Dias desses na barca vi um casal de amigos conversando e o cara dizia:

“Odeio falsidade! A mulher posta uma bosta de foto no perfil do face e  em menos de 5min surgem as “amigas” comentando: Tá linda amiga!,  Ai que tudo!… ridículo cara.” (por Desconhecido)

Concordo em gênero, número e grau com o que aquele homem disse.

Ele também fez um outro comentário bem instigante para amiga:

“Faz  só o teste: pega a pior foto que você tiver e posta no perfil do face.  Espera 10min e vai ver a cambada de gente hipócrita dizendo que está  linda.”     (por Desconhecido)

Comecei a pensar nas minhas amizades e a avaliar com quem tenho  uma relação assim: franca e transparente, reparei que a maioria é com os meus amigos e algumas amigas.

Entre algumas mulheres, talvez por sua sensibilidade, isso se torna mais complicado porque não dá pra dizer tudo que se pensa sem medir  a melhor maneira de expressar as nossas ideias: mulheres tendem a  levar para o lado pessoal, a se magoarem mais fácil, a tomar partido  dos outros, a ficarem remoendo uma situação. Enquanto os homens  são bem mais práticos e objetivos.

Uma vez passei por uma situação onde conquistei dois grandes amigos  e em determinado momento um terceiro homem se aproximou do  nosso grupo o incluímos, confiei nele e comecei a tratá-lo como mais  um novo amigo. Puro engano. Quebrei a cara. Ele foi uma decepção e  hoje não passa de um desconhecido que não faz a mínima falta e  prefiro não manter nenhum contato.

Era engraçado porque ele ia malhar com um desses meus  dois amigos,  reclamava e fazia diversas críticas sobre mim. O meu amigo  simplesmente não tomava partido  – ele sabia separar exatamente a  nossa amizade, dos problemas e divergências que eu tinha com esse  outro cara (e com qualquer pessoa).

Em contrapartida há alguns meses vivenciei uma situação semelhante  só que agora era com mulheres. E ao contrário da posição imparcial e  justa desse meu amigo, a minha amiga tomou partido, e causou uma  situação bem desconfortável entre mim e as outras meninas. Tanto  que uma amizade que estava esfriando aos poucos, depois desse  desconforto simplesmente morreu. Eu fiquei magoada. As outras  meninas também. E minha amiga também. E tudo devido a falta de  imparcialidade, que é comum ao comportamento feminino.

Os homens são francos em suas opiniões enquanto algumas mulheres  ficam com tanto medo, receio, tato com as palavras que acabam  sendo injustas umas com as outras (mesmo sem querer).

Alguns amigos às vezes me dizem certas verdades que não gostaria de  ouvir e nessa hora eles falam que são meus amigos e por isso mesmo  falarão o que pensam e não tentarão suavizar uma situação só para eu  não me magoar ou ficar chateada.

Sinceramente, prefiro essa franqueza aos cuidados excessivos que  algumas mulheres adotam. Minhas amigas mais antigas são bem  assim: francas  – falam o que precisa ser dito e sabem que eu  entenderei, pois, faço o mesmo com elas. Sem mágoa, sem dedos,  sem ressalvas porque confiamos na nossa amizade.

Uma amizade masculina é quase sempre livre de tatos e receios que só  mascaram uma insegurança em relação a amizade do outro. Porque  se forem realmente amigos, e tiverem plena certeza do que o outro  sente, não será uma verdade dita de forma direta e sem eufemismos  que irá abalar a relação. Pelo contrário, franqueza nas atitudes só  fortalecem os laços.

Um SALVE aos meus amigos!!!! o/

Um SALVE à franqueza masculina!

“Que cada uma de nós mulheres aprendamos a lidar com a amizade de  forma mais franca, transparente e livre de cautelas e receios  desnecessários.
 Que saibamos valorizar e reconhecer às verdadeiras amizades.
 Que não nos coloquemos no meio de ninguém, separando aquilo que  fazem um com o outro daquilo que fazem conosco.

Luz!

7 comentários

  1. É amiga, mulheres são complicadas mesmo!

    Ontem mesmo rompi uma amizade com uma pessoa que conheço há mais de 20 anos, ficamos alguns anos afastadas, mas o facebook nos reaproximou novamente.

    Após alguns conselhos que dei, e esporros também para que ela voltasse à realidade e se livrasse de uma relação sem futuro onde ela estava presa há 12 anos, ela se achou no direito de fazer o mesmo comigo com a relação que nem iniciei ainda e que a situação que ela viveu por 12 anos era parecida.

    Mas a “sinceridade” no e-mail dela só me fez perceber o qnto ela estava magoada com as verdades que eu tinha falado e que culminaram em abrir os olhos dela e acabar com a relação doente. Porém, depois do e-mail onde ela estava me dando “conselhos”, e-mail este onde ela me diminuía, me desacatava e colocava o outro lado em um pedestal, ela terminava falando: espero que eu tenha te dado um sacode como vc me deu, pois vc me ajudou mto…

    Ou seja, se somos sinceras, somos condenadas e se não somos, seremos tachadas de hipócritas… realmente entender e agradar mulher é complicado!

    • Por isso que citei minhas amigas mais antigas, onde vc e Mi fazem parte. Para mim ser amigo é ser verdadeiro porque ninguém gosta de dizer verdades que machuquem quem amamos. Entretanto, não é possível ver nossos amigos se afundando. Mas, cada um escolhe o que for melhor pra si. E se formos amigos respeitaremos essa escolha e blindaremos nossos ombros e braços para acalentar e acolher quando nosso amigo precisar.

      E quanto a sua decisão eu respeito, digo o que penso e acompanho porque quando quiser ou precisar, voce sabe, estarei aqui de braços abertos.

      Beijos.

      • Sei sim amiga! Sua sinceridade e franqueza nunca me humilham nem me maltratam, pois sinceridade e franqueza não é ofensa, é cuidado… Vc é diferente, assim como a Mi, a Tatá e algumas que tenho no meu dia a dia e no meu coração.

        Sei que precisarei mesmo do seu ombro, hoje mesmo chorei… mas um dia após o outro né, como vc mesma me disse 🙂

        Te amo <3

  2. Janyr Gomes da Silva

    Um salve à franqueza masculina e abaixo a hipocrisia feminina!

  3. Luiz Shigunov

    Achei muito engraçado a dica de como pegar os “amigos”… rs Pior que é realmente isso que acontece.

  4. Bruno Almeida

    Tive algumas amigas que falavam isso há mais de 15 anos (minha época de segundo grau) e ainda estávamos longe dessas redes sociais, emails e etc ..

  5. Obrigada a todos pelos comentários e por compartilhar suas opiniões. Beijos.

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *