Conversas sobre as dores da alma

Como anda o seu 2013?

 

Chegamos a junho e nesse mês já li alguns posts e comentários sobre a avaliação das metas pessoais para este ano de alguns amigos.

Então, me inspirei para escrever esse texto e conversamos sobre o nosso 2013. É claro, se você não fez nenhum planejamento no começo do ano com metas claramente definidas terá grande dificuldade em avaliar o progresso do seu primeiro semestre.

Mas, não se preocupe, se ainda não fez, faremos agora! Pegue uma folha e anote suas metas para este ano (inclua também aquilo que queria ter feito nos meses que já se passaram). Divida em duas colunas: “O que pretendia fazer em 2013” e “O que pretendo fazer em 2013”.

Na primeira, liste tudo aquilo que neste ano gostaria de realizar. Em todos os aspectos: trabalho, relacionamento, viagem, livros, show, amigos, filhos, estudo, tudo que pretendia para este 2013. Na segunda, transfira da primeira tudo aquilo que você acha que ainda dá tempo de fazer nesse ano.

Em outra folha, escreva no topo da página: “O que farei do meu 2013” e nesta coloque ordenadas por prioridade tudo aquilo que descreveu na segunda coluna. Seja bem sincero com suas metas e divida em etapas atingíveis, factíveis para evitar metas abstratas do tipo “Vou emagrecer”, “Vou iniciar a pós” e por aí vai. Metas vagas desse jeito não são metas, são desejos, que dificilmente serão realizados, pois, você não criou etapas e um planejamento que permita realizá-las.
Para ajudar na concretização das suas metas, após ordena-las na segunda folha por prioridade, escreva abaixo o planejamento para alcançá-las. Exemplo: “Vou emagrecer 5kg – a cada mês perderei 1kg.”, “Vou iniciar minha pós – até final de julho identificarei o segmento desejado e as principais instituições que fornecem o curso; em agosto irei matricular-me; em setembro terei iniciado a pós.” – viram a diferença!? Começamos a traçar etapas a serem cumpridas, isso caracteriza as metas (tangibilizar o que deve ser feito por meio de prazo, números, valores etc).
E aquilo que não dará mais para ser feito!? Devo esquecer e deixar de lado!? Não! Jamais abra mão de uma meta, se for importante para você, só porque passou o tempo. Deixe-a sempre no radar e a cada novo planejamento veja como pode encaixá-la.
Planeje-se. Monitore-se. Aprimore-se. Você é o seu projeto mais valioso!

Comece já! Você ainda tem o próximo semestre inteirinho a sua disposição.

Se você consegue cumprir suas metas terá grandes chances de alcançar o sucesso e ser feliz.

Luz.
Beijos.

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *