Sou mulher e gosto de gentileza, sim!

texto55
Lendo uma matéria sobre a posição das feministas sobre a gentileza masculina me senti profundamente indignada com a generalização de um pensamento preconceituoso, de baixa autoestima e injusto.

O link para a matéria está no fim do texto para você ler, se desejar. A matéria retrata a gentileza masculina como uma forma machista de manipulação e desigualdade praticada pelos homens.

Discordo totalmente! Eu não acho que as mulheres são iguais ao homens. Somos diferentes: somos mais sensíveis, conseguimos fazer várias atividades de forma síncrona, somos capazes de gerar outras vidas, temos um sexto sentido, intuição feminina que nos fazem ver muito além da visão pragmática e cética de muitos homens.

Não acho que abrir a porta do carro, fazer um elogio a beleza, competência, receber um carinho, flores sejam formas manipuladoras disfarçadas. Eu sou mulher, gosto de ser tratada devidamente como uma dama, gosto de gentilezas sim! Gosto que os homens pensem duas vezes ao invés de falar comigo como se estivessem à mesa do bar com os amigos, gosto de ser tratada com carinho, delicadeza, como mulher!

Acho que nos últimos anos a igualdade entre os sexos mudou a intenção original, que era direitos iguais para atividades iguais, se ocupo o mesmo cargo de um homem e desempenho meu trabalho com a mesma qualidade devo receber o mesmo salário. Se desempenho com menos qualidade devo receber menos. Um pensamento justo ao meu ver. E isso também se aplica quando comparamos homens no mesmo cargo desempenhando com qualidade e produtividade distintas.

Agora dizer que sempre que os homens nos tratam com gentileza quer dizer que estãos nos desrespeitando, nos diminuindo de forma velada e que a intenção é sempre de manipular. Ah! Desculpe, isso para mim é loucura!

Meu ramo profissional é predominantemente masculino! E aprendi a me impor, fazer respeitar e admirar por meio da qualidade do meu trabalho. E aprendo a negociar as mesmas condições (ou até melhores) do que a de outros homens no mesmo cargo do que eu, mas isso não por ser mulher, mas por ter um diferencial na qualidade da minha produção que poucos (homens e mulheres) possuem.

Quero ver a mulher ser feliz se um homem a tratar como faz como um de seus amigos, falar com ela do mesmo jeito que fala com seus amigos de futebol, que não se importe em elogiar e destacar seus valores, como é habitual fazer com seus amigos, que não cuide dela com zelo e gentileza – da mesma forma que pratica com seus amigos. A mulher que gostar de ser tratada como um homem e mesmo assim se apaixonar e for feliz, por favor, escreva aqui sua experiência e me mostre que estou aqui falando besteira.

Porque de todas que conheço, nenhuma, isso mesmo NENHUMA MULHER GOSTA DE SER TRATADA COMO HOMEM!

Sou mulher e quero ser tratada como tal!

Flores a todas nós, mulheres, femininas, delicadas, sensíveis e poderosas!

Beijos.
Luz.

Fonte: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/cavalheiro-ou-canalha-2802.html

3 comentários

  1. Luiz Shigunov

    Eu tenho a mesma opinião! Achei muito estranha a opinião das mulheres na matéria. Querer ser tratada como homem em tudo eu acho burrice. Afinal, como vc mesmo disse, mulheres são diferentes.

    • Exatamente Shigunov. Existe uma lenda que diz que igualdade é tratar todos iguais. Sou absolutamente contra, acredito que devemos tratar os iguais de forma igualitária e aos diferentes, de forma específica.

  2. Carol

    Andei falando sobre isso esses dias…que apesar de me desempenhar como alguns homens igualmente…eu tenho o direito, quero é gosto de ser tratada como mulher. #EuSouMulher#QueroCarinhoSim

Deixe uma resposta para Carol Souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *