Por uma vida mais feliz

Atenção! Quando você aponta um dedo, tem 3 virados para você.


É muito fácil apontar o defeitos dos outros, olhar os erros, focar nos enganos, nos equívocos alheios. Só que muita esquece, que toda vez que você aponta um dedo para alguém, tem sempre três virados para você.

Por isso, lembre-se antes de avaliar os seus, olhe-se no espelho e questione-se sobre  as suas atitudes, ninguém é perfeito.Todos erramos e, -na maioria das vezes-, erramos sem querer, erramos tentando acertar, mas não é fácil mudar os nossos comportamentos, pensamentos, sentimentos. Se você já tentou algum dia sabe muito bem o quão difícil é mudar a si mesmo.

Além disso, quando apontamos o defeito do outro, geralmente, não o fazemos com o cuidado e a compaixão necessários e acabamos por machucar, com as palavras, a alma de quem estamos criticando (e essa ferida custa a cicatrizar).

Ninguém gosta de receber críticas, porém, todos estamos sujeitos a isso. O ser humano é cheio de defeitos e só consegue evoluir perante o reconhecimento dos mesmo – seja identificado por si próprio ou por outrem.

Se você deseja ajudar alguém a melhorar, comece tendo cuidado com o jeito que falará, coloque-se no lugar de quem ouvirá a sua crítica e veja se você não possui os mesmos defeitos (e de como gostaria que lhe contassem sobre isso).

Lembre-se: as pessoas se cansam de “esquecer”, “relevar”, “superar”, na verdade elas nunca esquecem, pois, a mágoa cria uma cicatriz que fica na alma e a fará sempre recordar, mesmo quando ela tentar evitar lembrar.

Defeito todos temos.

Antes de apontar o do outro, corrija os seus.

Luz na caminhada.

Obs.: Você leu o texto e gostou? Agora escute-o e me diga o que achou (é só clicar no audio lá no começo do post).

16 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *