Conversas sobre as dores da alma

Proteja-se de si mesma.

67

A vida é um labirinto de emoções. Ora nos deparamos com a saída, ora nos aprisionamos em um corredor escuro e sem saída.

É engraçado como às vezes nos deixamos vulneráveis ao mundo, deixamos que pessoas nos magoem, nos iludam e depois elas se vão e ficamos sós com nossa própria dor.

Precisamos nos lembrar de evitar pessoas que nos enganaram, fantasiar outro futuro (que poderia ter sido, mas não foi), falsas esperanças e grandes expectativas.

Precisamos nos proteger da nossa própria mente e das ilusões que ela cria. Não se aprisione num labirinto de tristeza, de erros, de enganos.

 Siga em frente. Mantenha-se firme e fique em paz consigo mesma.

 Acredite que sua felicidade está guardada e aquela pessoa tão especial aparecerá na sua vida. Não tenha pressa.

 

Luz.

3 Comentários

Deixe uma resposta para Carol Souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *