Por uma vida mais feliz

As vezes precisamos entrar na bolha.

bolha

Sabe quando precisamos dar um tempo!?

Um tempo de tudo, de quase todos.

Um tempo para ouvir o silêncio.

Um momento para olhar para dentro.

Uma pausa no jeito que estamos levando a nossa vida.

Uma fase de introspecção, de autoconhecimento.

Um momento para encaixar aquelas respostas que encontramos. E de fazer novos questionamentos.

Um fase para olhar a roda da nossa vida (ver o post Como vai você?) e tentar ver como ela pode ficar melhor.

É uma bolha invisível aos olhos, mas colorida ao coração, ao pensamento, ao nosso Eu mais profundo.

Geralmente, de dentro da bolha podemos observar melhor aqueles e aquilo que está lá fora. É quando percebemos se quem se dizia próximo, se realmente continua aqui por perto. Quando descobrimos que aquele alguém que parecia tão distante, de repente esteve sempre aqui, sempre ao lado, sempre perto para o que precisássemos.

Esse período na bolha é uma fase de metamorfose. É impossível sair dela da mesma forma que entramos. Nós inevitavelmente mudaremos. Nos transformaremos em alguém mais vivo.

E o tempo para isso varia de acordo com a necessidade de mudança que grita dentro do peito de cada um.

O que importa é ao sair, sair renovado, com outros olhos, com outras palavras, com novas perguntas e novos medos. Porque a vida é feita disso, de mudanças, de crescimento, de transformações.

Permita-se conhecer melhor. Permita-se olhar além daquilo que vê diante do espelho. Olhe para dentro.

Entre na sua bolha. E saía um novo ser!

Luz!

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *