Conservatória – Lugar de boa música, boa prosa e sossego.

capa

Iniciando as dicas de lugares que conheci e amei, venho falar para vocês sobre um distrito de Valença, no interior do Rio de Janeiro, conhecida como “A Cidade da Seresta”, a famosa Conservatória.

Localizada a 142Km do Rio de Janeiro, costumo levar em média duas horas e meia até chegar lá, passando pela Serra das Araras, entrando em Piraí, seguindo por Barra do Piraí até Conservatória. O caminho é traçado por paisagens naturais, muitas árvores, um pouco de serra e tranquilidade.

Visito Conservatória desde 2007, e como sempre começo minha viagem em casa, pesquisando e montando o roteiro sobre o que conhecer, onde comer, onde se hospedar, o que comprar e curiosidades do local, li durante minha pesquisa a descrição que esta era considerada a cidade dos seresteiros. Eu sou uma fã incondicional de bossa nova e MPB, portanto, me encantei a primeira lida com o lugar.

Depois de passar o primeiro final de semana longe da cidade, refugiada no meio de vales e montanhas, árvores, ar puro, música boa com total tranquilidade, tive a certeza de que deveria levar meus pais, principalmente papai, para conhecer. E, dito e feito, depois retornamos com eles, que também se apaixonaram pelo lugar. Eu posso dizer que é nosso refúgio no Rio de Janeiro, sempre que podemos subimos a serra para lá.

Essa cidade é ideal para passear com a família, só em casal, com os amigos, e, até mesmo sozinho, principalmente, durante alguns eventos, onde a cidade enche de jovens por conta da boa música. No final deste texto coloquei os sites que consulto para ficar por dentro dos eventos que estão rolando.

Os moradores da cidade são extremamente simpáticos e cordiais. A cada restaurante, café, pousada, lojinha que entramos nos sentimos em casa, pois, as pessoas são tão educadas e amáveis, que nos dá essa sensação de acolhimento e bem estar.

Algumas dicas para você aproveitar bem o passeio:

– Onde se hospedar:

Pousada Pedacinho do Céu ou Pousada Cantinho da Vovó, os proprietários são a Lívia e o Chiquinho, um casal simpaticíssimo, que sabe como recepcionar os hóspedes, a sensação é que estamos em casa.

Preço justo. Café da manhã delicioso e com muitas variedades. Quartos arejados. Boa localização. Ambiente,  roupa de cama e banho limpíssimas.

São nossas pousadas prediletas.

Pousada Pedacinho do Céu

Pousada Pedacinho do Céu

– Onde comer:

Para almoçar, sugiro o Gema da Roça, que fica na entrada da cidade, um self-service de comida caseira, com gostinho mineiro, bom demais. Ou o Do Ré Mi, localizado no centro histórico, música e comida de primeira qualidade.

Ambos com preços justos. Bom atendimento.

Para o jantar vamos ao restaurante Recanto dos Artistas, que tem um rodízio de caldos delicioso e com bom preço.

Para o lanche da tarde, costumamos ir ao Sonatas de Amor, onde a tarde tem uma variedade de pães, bolos, tortas, doces, chás deliciosos. E a noite, às vezes, voltamos para saborear um dos caldos de lá. O preço é um pouco caro, mas a qualidade compensa. Outra opção para lanche da tarde é um café que fica na Rua Osvaldo da Fonseca, antes de chegar na rua do meio. Ali os preços são mais em conta, mas, tem pouca variedade de bolo.

– O que comprar:

Para trazer lembrancinhas você não pode deixar de visitar a Casa D’Arte, no centro histórico, com lindos bonecos feitos de papel machê.

DIGITAL CAMERA

Outra pedida imperdível é a Casa do Poeta, onde existem diversos poemas e poesias encantadores, belíssimas pinturas, borboletas de tecido que parecem reais e cartões exclusivos para presentear quem você ama. O poeta, Moacyr Sacramento e sua esposa Marinete, artista plástica, são quem nos recepciona. Ambos extremamente gentis e o local é tão encantador que você fica embebecido de cultura, arte e não dá vontade de vir embora.

São dois locais que não podem deixar de visitar!

CONSERVATORIA_moacyr_01Casa do Poeta

Além disso, tem as lojas de artesanato localizadas no centro histórico, mas, não deixe de visitar também as que ficam próximo ao Hotel Vilarejo, na entrada da cidade, lá os preços são mais em conta e, geralmente, existem algumas peças lindas e diferentes do padrão das lojas do centro.

lojinhasLojinhas no centro histórico e na entrada da cidade

 

– O que visitar:

Existem dois locais que considero imperdíveis em Conservatória: a Serra da Beleza e o Quilombo São José.

serraSerra da Beleza

Traduzo esse lugar em uma única palavra: PAZ. A vista é simplesmente divina, os vales e montanhas desenham uma paisagem surreal, o silêncio que faz ali e a contemplação dessa linda vista nos remete a uma paz interior indescritível. Sugiro irem ao final do entardecer, porque o colorido que se forma no céu com os raios de sol torna o lugar ainda mais bonito, o que justifica com maestria o seu nome, Serra da Beleza.

quilomboQuilombo São José

Esse é sem dúvida meu lugar preferido em Conservatória, ele fica 20km do centro histórico, seguindo rumo à Serra da Beleza, depois passando por um trecho de estrada de terra. Todos conhecem o quilombo, por isso não há com o que se preocupar, basta chegar ao centro histórico e pedir orientações, os moradores nos explicam com prazer. Além disso, é bem tranquilo de achar.

Esse é o quilombo mais antigo do Estado do Rio de Janeiro, seus moradores são descendentes de escravos.

A primeira vez que o visitei foi no meu aniversário, me dei de presente à visita ao quilombo, e foi um dos melhores presentes que já ganhei. A receptividade, humildade e sabedoria dos moradores, principalmente, dos mais velhos é impressionante. Durante todo o dia 13 de maio é realizada a comemoração da abolição dos escravos, com uma grande festa e roda de jongo a noite inteira, geralmente, cerca de três mil pessoas comparecem a esta festa, acampando pelos campos. Eu nunca fui a essa festa, pois, não gosto de visitar locais em épocas festivas devido a quantidade de pessoas, opto por evitar multidões. Portanto, costumamos visitá-lo fora da época festiva, e sempre ao chegar, somos recebidos com o mesmo carinho pela Tia Tetê, a Cida e as crianças.

Visitamos o jequitibá centenário e a emoção de abraçá-lo é mágica!

Adoramos ficar na cozinha com a Tia Tetê proseando, bebendo um café delicioso (colhido, torrado e moído do próprio quintal) e ouvindo suas histórias. Só tomem cuidado porque não dá vontade de vir embora! É bom demais!!!

Agora, também tem muitos outros locais a visitar em Conservatória como o Túnel que Chora, o Túnel do Capoeirão, a Cachoeira da Índia, a Ponte dos Arcos, a Igreja de Santo Antônio, a cachaçaria Vilarejo e algumas fazendas na região.

tunel que chora

Acima o Túnel Que Chora, imagine que foi aberto pelos escravos, naquela época não tinha a tecnologia de hoje, e era feito praticamente de forma manual. As suas paredes no interior escorrem águas constantemente, por isso tal nome.

DIGITAL CAMERACachoeira da Índia

pontePonte do Arco

igrejaIgreja de Santo Antônio

cachacaCachaças Vilarejo

Outra pedida é a nova casa de espetáculo Sonora que fica perto da Casa do Poeta. É um lugar para voltar no tempo, ouvir uma boa música com a linda intérprete Juliana Maia. Assistimos ao show “Tributo às cantoras do rádio”, onde ela cantou músicas de Maysa, Dalva de Oliveira, Carmem Miranda e outras. Foi muito bom, a voz suave e o bom humor da Juliana dá vontade de pedir bis a cada final de música.

Recomendo que você assista ao evento noturno, assim já saí de lá direto para o jantar e logo será o horário da seresta (23h). Não deixe de assistir!!!

Palco Sonora

Palco Sonora

– Eventos Imperdíveis:

O festival Cine & Música lota a cidade, então, sugiro que reserve com antecedência a pousada, porque em cima da hora, não vai encontrar lugar.

O Carnaval Fora de Época é outro evento concorrido, que ainda não consegui ver, mas, ainda está nos meus planos.

O festival Café, Cachaça & Chorinho também é uma excelente pedida para dar uma escapadinha no final de semana.

Ano passado, passamos o feriado da semana santa lá e foi maravilhoso. Música boa a noite na praça e durante o dia caminhada, piscina e boa conversa. Tranquilidade total.

E, é claro, não poderia faltar a seresta. Deixo um vídeo para vocês ficarem com gostinho de quero mais…

– Sites para conhecer um pouco mais de Conservatória:

http://www.conservatoria.com.br/

http://mapadecultura.rj.gov.br/valenca/quilombo-sao-jose-da-serra/

http://www.conservatoria.tur.br

http://conservatoria.net/

https://www.facebook.com/PousadaPedacinhoDoCeu

www.casadopoetaatelie.com.br

http://globotv.globo.com/tv-rio-sul/rio-sul-revista/v/aprenda-a-fazer-broa-de-cacarola-prato-tipico-do-quilombo-de-sao-jose-da-serra/3932370

 

2 comentários

  1. Realmente um lugar encantador! Vale a pena conhecer.

  2. Janyr Gomes da Silva

    Essa cidade é mágica.Amo, amo,amo.Venham conhecê-la e vão se apaixonar.

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *