Conversas entre Amigos

O que nos decepciona não é somente as nossas expectativas.

images

 

A vida às vezes é um tanto confusa, por mais que o tempo passe, por mais que tenhamos novas experiências, que novas pessoas cruzem nossos caminhos, sempre haverá alguém que irá ferir nossos sentimentos, nos decepcionar.

Não concordo que a decepção seja, exclusivamente, causada pelas expectativas que colocamos nas outras pessoas. Porque quando pensamos apenas em expectativas, na verdade, estamos simplificando grosseiramente as emoções e os sentimentos que doamos aos outros. O que dedicamos não são meras expectativas, são sentimentos, esperança, fé.

Eu deposito no outro, naquele a quem chamo de Amigo, sentimentos como o amor, a confiança, o carinho, o respeito, a gratidão, a sinceridade, a lealdade e a esperança. Multiplico o que há de melhor dentro de mim para dedicar aos meus amigos, e, quando me deparo com mentiras/deslealdade, não tem como evitar o sentimento de decepção. Ninguém espera ser traído, ser enganado e, muito menos, renunciado.

A gente se ama, se cuida, se protege para evitar sofrer.

Só que ninguém vive sozinho, por isso, precisamos nos relacionar com outras pessoas. Então, quando optamos por isto, temos a obrigação de dedicarmos aquilo que há de melhor (e mais nobre) em nossos corações, pois, esperamos que nossos sentimentos sejam recíprocos, que a confiança seja mútua e que o relacionamento perdure por muito tempo, talvez para toda vida.

Ninguém quer ser apenas uma esponja do outro, onde absorve os problemas, as lamúrias, e depois seca e esquece. Não, não mesmo. Nas verdadeiras amizades compartilhamos momentos de alegria e tristeza.

Talvez nem todo mundo tenha nascido para ter um amigo assim, de verdade, que também dedique o que há de melhor no seu coração para você.

Talvez o melhor seja aprender a ser sozinho e não tentar mais acreditar no outro.

Talvez, o melhor seja simplesmente esquecer… se fechar… e procurar outra forma de compartilhar os seus mais nobres sentimentos com outro alguém…

3 Comentários

  • NJ

    Amigo, que é Amigo está presente quando você não pede. Aparece quando não é esperado e está Sempre naquela hora que você está em baixo. Não cobra, mas dá. Infelizmente é uma espécie em vias de extinção. Actualmente existe o oposto: Quem só aparece porque “lucra” de alguma forma… Quem espera sempre que você “tape” aquele buraco, mas na realidade, e não é o “espírito do coitadinho”, quando você precisa… não está lá! Conheci alguém que dizia “desenrasque-se”. Infelizmente a nossa sociedade está a tornar-se cada vez mais egoísta!

  • luizshigunov

    Não deve ser uma situação facil. Você se dedicar e depois não receber nada em troca. Mas tenho minhas dúvidas se o melhor é se fechar. Me parece que fazendo isso você muda para pior. Você deixou que a outra pessoa, que talvez não merecesse tudo o que você dedicou a ela, acabasse com um pouco do que te faz diferente e especial para os seus amigos. É como se a culpa fosse sua e não dela. As experiências tristes também são necessárias para pensar e refletir sobre a vida. Tentar impedir as experiências tristes talvez te impeça de viver tudo de bom que existe 🙂

  • Josy

    Foi o que fiz. Mudei. Me fechei. Demorei um pouco para aprender que não posso sair por aí confiando em todos. Que no fundo estou só. Que amizade verdadeira é difícil…muito difícil de encontrar. Parabéns aos que tem aquele amigo de todas as horas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *