Zona de Conforto não é sinônimo de felicidade.

imagesAlgumas pessoas confundem o conceito de Conforto x Felicidade, está confortável não significa, necessariamente, que esteja feliz. Estar confortável significa que você está com uma emoção conhecida, podendo estar feliz ou não.

O que costumo analisar nas pessoas é que elas se sentem confortáveis em situações que lhes são sabidas e permanecem nessas situações mesmo não estando felizes, mesmo sabendo que poderiam mudar e arriscar ser feliz e se sentir completo.

Não entendo porque isso acontece, vejo as pessoas reclamando dos seus chefes, das regras da empresa, dos funcionários, do ambiente, mas, não fazem absolutamente nada para mudar esse cenário, pelo contrário só reclamam – devem achar que isso trará alguma mudança (puro engano).

Em nenhuma empresa tudo estará sempre do jeito que esperamos, de acordo com nossas expectativas, e cabe a nós evoluirmos e nos arriscarmos rumo a um futuro melhor.

Aprender e propor novas soluções fazem parte dessa mudança. Ao invés de esperar que parta de cima a atitude para essa mudança desejada, que as soluções sejam descritas, que o cliente mude de opinião, que seu chefe aprenda a tratar melhor as pessoas, que o funcionário se engaje, proponha você a mudança. Estude, aprenda, converse, troque ideias e leve ao seu chefe propostas para solucionar os problemas, motive seu funcionário, e se nada der certo, você não terá perdido seu tempo, você terá aprendido algo novo e estará mais preparado para conseguir um emprego melhor.

Isso também se aplica a vida pessoal, se você não está feliz com a situação na qual se encontra, MUDE!

Ficar parado reclamando, criticando, fazendo o papel da vítima não mudará nada, pelo contrário, só reforçará seu sentimento de desânimo e insatisfação.

Pense sempre: o não é garantido, portanto, corra atrás do SIM!

Boa sorte!

Luz!

2 comentários

  1. Janyr Gomes da Silva

    É isso mesmo.

  2. Eu acho muito esquisito uma pessoa não querer mudar uma coisa que está ruim só porque não quer enfrentar o desconhecido. É muito importante aprendermos a lidar com a mudança porque ela é inevitável nas nossas vidas. A mudança vem mesmo que você não queira. Por exemplo, com a morte de alguém próximo. Talvez com a prática de mudar o processo se torne mais natural.

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *