DIA DAS CRIANÇAS – Tem que dar presente?

textoCrianca

Hoje é o dia das crianças e quantos pais não correram ontem, alguns até mesmo hoje, para as lojas de brinquedos com seus pequeninos para comprar o presente deles!?

Vi uma matéria no telejornal que dizia que muitos pais estão se endividando para comprar o presente de suas crianças. Fiquei muito assustada com essa notícia, pois, pensei, será que “Dia das Crianças” é uma obrigação de consumo para os pais!? Uma atitude tão necessária que os leva a se endividarem! Meu Deus! Se for isso mesmo, serei uma mãe péssima, pois, não vou cumprir essa regra.

Fico pensando, quando eu era criança recebia presentes (leia-se brinquedos) em duas épocas do ano: meu aniversário e natal. Não cresci traumatizada, triste, revoltada, nada disso. Lembro de ganhar um dia inteirinho de farra em casa com meu pai, brincávamos muito era banho de mangueira no quintal, briga de travesseiro, cabana de lençol, enquanto a minha mãe fazia delícias na cozinha. Quando eu ia para a casa da vovó era uma farra, na verdade lá era uma festa qualquer época do ano, afinal de contas, a casa da vovó é a casa da vovó, concorda!?

Existe tanta atividade interessante a ser feita com as crianças, que torna qualquer brinquedo comprado desnecessário. Para os pais que trabalham e só tem o final de semana para curtir os pequenos que tal fazer o dia inteirinho com a vontade deles: libera o sorvete, a batata frita, o suco, o bombom, deixa assistir o desenho até mais tarde, se não quiser dormir depois do almoço deixa acordado, mostre as fotos de quando vocês eram crianças (eles adoram conhecer a nossa história), brinca de casinha (troque os papéis sendo você a filhinha e ela a mamãe), brinque de bonecas, jogue bola, vídeo game, ensine suas brincadeiras de criança: amarelinha, pique-pega, esconde-esconde, corda, elástico, pião, passar o anel, ciranda, e tantas outras que você se lembrar.

O importante é celebrar a criança que você já foi, a criança que você gerou e reviver aquela que ainda vive dentro de você.

Não pense que seu filho irá sofrer se ao chegar segunda-feira no colégio não for com nenhum brinquedo novo, que sofrerá bullying dos coleguinhas, nada disso, ele terá vivido uma experiência que poucos pais estarão dispostos a proporcionar aos seus pequenos.

Então, brinque, dance, cante, corra, pule, grite, beije, abrace, sente no chão, ande com os pés descalços, se divirta com seus filhos, pois, colorir o futuro deles com memórias positivas como esta os fará pessoas ricas e felizes – porque a maior riqueza que podemos deixar são boas lembranças, educação e valores.

Feliz Dia das Crianças a todos nós!!!

3 comentários

  1. Não tenho dúvida que estar e brincar com seu filho é o melhor presente. Criança não precisa de nada complexo ou caro para ser feliz. Muito pelo contrário. Normalmente coisas bem simples são muito mais legais 🙂

  2. Este dia deve ser um dia especial, principalmente quando temos a participação de nossos pais. Sinto imensa saudade deste dia,quando não tinhamos horário a cumprir,não precisávamos de brinquedos. Brincavamos de pular corda, amarelinha,de casinha,era muito bom.Meus pais deixaram saudades, como foi boa minha infância.

  3. Bom, apesar de concordar com você em alguns aspectos, seus argumentos não foram muito realistas. Hoje em dia, é raro encontrar pais que tenham tempo para brincar com seus filhos e quando estes o têm, querem descansar e deixam os filhos na frente da TV ou do videogame, depois, sentem-se culpados e compram brinquedos como uma “compensação”. As crianças se distanciam dos pais e quando chega a adolescência eles sentem grande solidão. Não sabem mais em quem podem confiar…
    Era necessário que os pais brincassem com suas crianças? Sim, mas, infelizmente, isso já ficou para trás…
    Aninha

Deixe uma resposta para luizshigunov Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *