Leituras que indico

Dicas de leitura: Equilíbrio, a vida não faz acordos.

equilibrio

Sabe quando a carreira fica em primeiro lugar na nossa vida? Em primeiro mesmo, passando até a nossa frente. Então, esse livro da Flavia Mariano fala exatamente sobre isso.

Um roteiro leve, divertido e objetivo, que retrata uma executiva bem sucedida, nos seus trinta e poucos anos, dedicada exclusivamente a sua carreira, que coloca sua vida pessoal sempre para depois.

De repente, quando ela percebe que a vida pessoal não vai lá essas coisas, parte para um novo mundo – a ser descoberto – sem horário, sem telefonemas, sem cobrança, sem chefe, sem agenda a cumprir, simplesmente livre para fazer o que quiser, quando e como desejar.

O livro faz um comparativo da vida de Marília, a protagonista, e de sua irmã – mãe, esposa, filha, amiga que abriu mão da carreira para se dedicar à família. E, de uma forma engraçada mostra que tanto quem fica dez horas por dia dentro de um escritório quanto quem passa vinte e quatro horas em casa cuidando dos filhos, da casa e do marido ambas levam uma vida agitada. E, se não tomar cuidado, o tempo pode passar despercebido, e a vida, em branco.

O que aprendi com o livro é que podemos ser felizes de qualquer maneira, tendo uma carreira promissora e bem sucedida, ou nos dedicando ao sonho de ter uma família. Não importa onde a gente esteja, o que vale é viver e realizar aquilo que desejamos, de forma singular, intensa, priorizando nossa felicidade e desejos pessoais e não nos deixando levar por aquilo que terceiros acreditem que seja melhor para nós.

Há romance, descobertas, erros, acertos, emoção, de tudo um pouco.

Recomendo a leitura e também que você reflita sobre tudo o que o livro lhe mostrar. Analise se a sua vida não está seguindo o mesmo rumo da de Marília e, o mais importante, os mesmos erros dela.

Um bom livro.

Boa leitura =)

Um comentário

  • luizshigunov

    Eu acho que quando você é jovem e está no começo de carreira você até pode sacrificar a sua vida pessoal pra conseguir uma boa posição. Mas isso não pode durar muito tempo. Depois tem que haver um equilíbrio porque caso contrário a pessoa não aguenta.

Deixe um comentário para luizshigunov Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *