Descuidos

imageRecebo alguns e-mails de leitores que reclamam de suas relações, dizem que estão desgastadas.

Outros de desânimo em seus empregos, dizem que perderam o tesão.

Há também aqueles que reclamam dos amigos, dizem serem omissos e distantes.

Em todas essas situações vejo algo em comum: o descuido dos relacionamentos.

É o resultado das suas necessidades x suas perspectivas x suas atitudes que define o estado desses relacionamentos.

  • Quantas vezes deixamos as nossas necessidades de lado para atender a do outro?
  • Quantas vezes ignoramos a necessidade daqueles que nos amam?
  • Quantas vezes não prestamos a atenção necessária ao que nosso coração está pedindo e tocamos a vida no piloto automático, vivendo sem viço, sem inspiração, sem satisfação, não é mesmo?

Seja por preguiça, por descrença, por medo, não importa a causa, o descuido das nossas relações gera um resultado negativo em nossas vidas.
Portanto, sugiro a você que aproveite esse clima de recesso, de desaceleração, de renascimento e olhe para suas  relações: consigo, com os outros, com sua carreira, com sua espiritualidade, com seus sonhos e veja como anda cuidando delas.

Melhore o que não estiver lhe deixando feliz e aprimore aquilo que estiver bem.

Cuidar de si é prova de amor.

Luz.

Um comentário

  1. Luiz Shigunov

    Excelente texto, parabéns! Não tinha percebido que existe um relacionamento entre eu e o meu trabalho. Acho que preciso melhorar esse relacionamento…. 🙂

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *