inveja
Conversas entre Amigos

Querem te ver bem, mas…

 

Ando reparando na onda do “todo mundo ama todo mundo” que toma conta das redes sociais.

Gente, é uma chuva de corações, carinhas, hashtags, “te amo”, fora aqueles testes que mostram ‘quem te ama de verdade’, ‘quem nunca viveria sem você’, ‘o que os seus amigos realmente pensam de você’ e tantos outros demonstrativos de amizade pura e sincera. Mas, será mesmo tão pura? Tão sincera?

Tenho lá minhas dúvidas. Para mim, a maioria é falsidade. Aliás, tema este já abordado aqui inúmeras vezes (e continua atual, infelizmente).

No dia a dia pare e olhe friamente como anda o alinhamento da prática com o discurso das pessoas que lhe cercam, repare se estão coerentes, se tudo aquilo que postam condiz com o que fazem na vida real. Acho que você se surpreenderá.

Eu ando fazendo isso há um certo tempo, e, a cada dia que passa, a distância entre a prática e o discurso só aumenta. Pessoas que “torcem” pelo seu sucesso, mas não contribuem em nada para isso é o que mais tem por aí.

Uma simples ajuda que você peça sobre a divulgação de algo em que você esteja envolvido fica ali, parado no whatsapp, congelado nos e-mails, nas redes sociais totalmente ignorado. Para mim, a premissa básica da educação primária já é quebrada nesse ponto: quando uma mensagem é completamente ignorada.

O curioso é que essas mesmas pessoas quando querem ajuda para divulgar algo delas parece que viram spam; de cinco em cinco minutos é uma postagem, uma mensagem um e-mail para “pedir aquela força”.

Ah! Nessas horas bate uma vontade de responder: “Queridinho(a), essa ‘força’ que você está querendo, seria exatamente aquela que eu lhe pedi e você ignorou?”

Uma vez, ouvi de uma pessoa muito sábia a seguinte frase: “Carol, as pessoas estão doentes, por isso, o mundo está o caos que vemos por aí.” – e ela tem toda razão. E não falávamos de doença fisiológica, mas sim de moral, psicológica, comportamental.

Exemplificando: as pessoas falam que amam azul, mas em seu guarda-roupa tem todas as cores, exceto azul. A contradição é vista diariamente em suas falas, postagens, curtidas e demais atos cotidianos.

Como diz aquele ditado popular:

As pessoas vão querer lhe ver bem, mas nunca melhores do que elas.

Isso é a mais pura verdade.

Portanto, previna-se desses males, busque seu equilíbrio, pratique o que você posta nas redes sociais, argumente com a sua verdade, seja fiel a si mesmo e não prometa mais do que aquilo que poderá cumprir.

Luz na caminhada de todos nós.

4 Comentários

  • NJ

    Com o devido respeito por quem participa nas redes sociais e alega ter muitos amigos, seria de todo importante saber se em caso de “precisar” qual deles lhe apareceria e o iria socorrer….Seriam tantos assim??? Façam a experiência: Mesmo não correspondendo à realidade, digam a um dos vossos amigos que estão mal…. Nem que seja só a precisar de uma palavra amiga. Vejam quem e quantos respondem.Agora façam precisamente o contrário e vejam a reacção!
    Tirem as conclusões.
    A minh, e correndo o risco de acharem que é a pessimista (ou a mais realista possível) é: Se estás Bem tens muitos amigos, se estás mal….vais ter que te aguentar!

  • luizshigunov

    Eu acho que as redes sociais e aplicativos de mensagens facilitaram conhecer novas pessoas, mas nem todas são amigas. A maioria é apenas um conhecido que não se importa muito com você.

    Por isso é importante cultivar as amizades verdadeiras.

  • Pedro

    Parabéns, adorei esse blog! Em relação a esse assunto sobre a amizade eu acho que, com o avanço das redes sociais, as pessoas passam a ter amizades mais passageiras e interesseiras. Quando eu quero compartilhar alguma felicidade, ou simplismente rir junto com algum amigo, eu começo a perceber que na verdade não tenho ninguém que REALMENTE se importe. Parece que se eu deixar meu celular de lado e for tirar ferias sozinho em algum lugar distante absolutamente ninguem vai sequer perceber ou perguntar onde eu estava. O ser humano nao foi feito pra se isolar, mas com o tempo agente percebe que a unica pessoa com quem se pode contar alem da familia é voce mesmo. Tenho certeza que sou uma pessoa muito fiel com quem é comigo, mas também tenho defeitos, e um deles é que sou muito apegado com quem eu me aproximo, e acho que isso é justamente oque causa meu rancor e isolamento.

Deixe um comentário para Pedro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *