Que brincadeira é essa!?

image

Ultimamente ando me incomodando muito com certas “brincadeirinhas”, que nada mais são do que máscaras para o preconceito.

Acredito que todos nós conhecemos alguém querido que esteja acima do peso. A obesidade é um fato mundial. E junto com essa realidade se fortalece a prática da gordofobia, que por muitos é tratada como frescura ou ” brincadeira”. Hoje, esse texto vem com o intuito de mostrar que de brincadeira essa atitude não tem absolutamente nada!

Tenho grandes amigas que são gordinhas e não negam isso. Muitas delas, lutam contra a balança há muito tempo, algumas por quase toda a vida. Outras se amam do jeitinho que são e não querem mudar, porque seus exames clínicos estão ótimos, ou seja, não sofrem de nenhuma doença e admiram e amam seu corpo.

Por outro lado, conheço também pessoas que são magras e lutam constantemente para, no mínimo, se manterem magras ou perderem ainda mais peso.

Em todos os lados: seja gorda ou magra, muito antes de ser um corpo, são seres humanos. Pessoas com sentimentos, que vivem altos e baixos como eu e você. Então, nós não sabemos se essa pessoa acima do peso sofre por não conseguir emagrecer, da mesma forma que olhamos um magro e acreditamos ser muito feliz por ter aquela aparência.

Portanto, antes de falar ofensas eufemizadas pare e coloque-se no lugar da outra pessoa. Amplie sua perspectiva em relação ao outro, não se limite ao preconceito e a maldade. Seja grande. Evolua. Pratique a empatia e tenha respeito pelo seu próximo.

Espero que após ler esse texto, se você tiver o mau hábito de debochar dos gordinhos reflita e se torne alguém melhor para si mesmo e para a sociedade.

Luz & Paz.

2 comentários

  1. Janyr Souza

    Nem sempre ser “gordinho”é sinal de saúde ou doença assim como ser “magro”.O importante é ser saudável e ser feliz. Pessoas que vivem reparando na aparência do outro e criticando ser nem mesmo conhecer com certeza são pessoas quando não “bem resolvidas”, são infelizes. Essas pessoas deveriam procurar viver a própria vida ao invés de se preocupar com a dos outros.áaá

    • Caroll Souza

      Verdade Janyr =)

Deixe uma resposta para Caroll Souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *