Aparências exageradas.

image

Em tempos de explosão das mídias sociais, as aparências estão cada dia mais artificiais, forçadas e frágeis do que nunca.

Percebam como quase ninguém é equilibrado em suas emoções postadas: se é feliz é absurdamente feliz; se é triste beira ao colapso de tão deprimido.

Então me pergunto: será mesmo que não conseguimos nos sentir somente contentes ou apenas aborrecidos?

Onde foi parar o equilíbrio das emoções?

Precisamos ser autênticos com o que sentimos, não podemos deixar que o meio externo nos diga como sentir a nossa vida, só nós estamos dentro da situação, sabemos por tudo que já passamos, conhecemos nossos medos e, portanto, não é justo com nós mesmos dar ao outro o direito de definir como devemos expressar as nossas emoções.

Que tenhamos mais coragem para reconhecer-nos como somos e de expor com segurança o que sentimos.

Por uma vida com mais verdade e equilíbrio.

Luz na caminhada.

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *