Falando de saúde, bem-estar e beleza – Idosos e quedas.

terapia2

Por Carlos Souza, fisioterapeuta e especialista em geriatria.

Fonte: www.saudedoidoso.sindacs.com

Quedas são bem comuns nas pessoas idosas e aumentam progressivamente com a idade (em ambos os sexos e em todos os grupos étnicos e raciais). Representando um problema de saúde pública.

A queda pode significar que houve o declínio das funções fisiológicas (visão, audição, locomoção) ou ainda representar sintomas de alguma patologia específica.  Os acidentes por quedas podem provocar fraturas, traumatismos cranianos e morte,  dependendo do caso.

Afetam a qualidade de vida do idoso por consequências psicossociais, provocam  sentimentos como medo, fragilidade e falta de confiança. Muitas vezes, funcionam como o início da degeneração do quadro geral do idoso, pois além  de reduzir sua  mobilidade, também afeta as atividades sociais e recreativas.

Existem fatores que predispõem à queda no idoso e que, de forma simplificada, podem ser divididos em:

Intrínsecos: aqueles relacionados às alterações fisiológicas do processo de envelhecimento; ou então a uma patologia específica e ainda ao uso de medicamentos.

Extrínsecos: aqueles relacionados ao ambiente em que o idoso interage, sua casa, locais públicos, transporte coletivo, entre outros.

Eis algumas dicas valiosas para evitar as quedas que devem ser observadas com atenção:

  • Consulte seu geriatra regularmente.
  • Faça exames oftalmológicos anualmente.
  • Mantenha uma dieta saudável com ingestão de vitamina D e cálcio.
  • Reduza a ingestão de bebidas alcoólicas.
  • Informe-se com o seu médico sobre os efeitos colaterais dos remédios que esteja  tomando.
  • Tome banho de sol regularmente até às 10 horas.
  • Tome os medicamentos nos horários certos e da forma correta receitada pelo médico.
  • Participe de programas de atividade física que visem o desenvolvimento de agilidade, equilíbrio, coordenação e força muscular.
  • Discuta com seu médico a respeito do tipo de atividade física que você pode realizar.
  • Leve uma vida saudável e feliz.

Cuide bem do seu idoso.

Até a próxima!

Um comentário

  1. Realmente, queda para um idoso é coisa muito séria! Minha avó teve uma queda no banheiro e quebrou o fêmur. Nunca mais conseguiu andar. Fez operação e tudo, mas não conseguia regenerar.

    Por isso, o melhor é prevenir! Em casa de idoso tapete não é uma boa. Qualquer tipo de desnível idem.

    As vezes são pequenas mudanças que podem prevenir uma queda.

E então, gostou? Me diga aqui no comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *