O Primeiro ano de uma Mãe.

Há poucos dias completamos o nosso primeiro ano!

Esses 365 dias eu posso dizer que foram os mais intensos, contraditórios, confusos, surpreendentes e felizes que vivi nos meus trinta e poucos anos de vida!

Foi um ano onde aprendi a me desconstruir e reconstruir diariamente, lidando com as mais fortes oscilações de emoções e crenças cultivadas por toda a vida.

Ela me ensinou que a realidade da vida é que não temos o controle de absolutamente NADA. Me ensinou que posso evoluir um pouco mais a cada novo dia. Me ensinou que tenho sabedoria para cuidar e educar uma nova vida, que ainda existe muito a ser aprendido, mas que o pouco do conhecimento que adquiri já são o suficientes para dar o que ela precisa: AMOR, AFETO, EXEMPLO, CUIDADO e PROTEÇÃO.

Me questionei sobre os diversos papéis que exerço em minha vida e aprendi a encaixar todas as outras pessoas que amo na ordem de prioridade necessária para o momento, onde a minha filha está em primeiro lugar, pois, aqui e agora, é ela quem mais precisa de mim.

A cada dia aprendo a olhar para os meus erros com mais compaixão, aceitando as minhas limitações momentâneas, a minha fragilidade, os meus receios e as minhas frustrações.

Hoje ainda não pude retomar a minha carreira da forma como eu gostaria (e como vinha fazendo há quinze anos), não porque ela me impeça, mas porque eu ESCOLHI doar a ela o meu tempo o máximo que puder. Então, a cada dia eu aprendo a lidar com essa frustração não gerando raiva e muito menos culpa, mas potencializando o amor que tenho por ela e com a esperança de saber que um dia eu olharei para trás e terei a certeza de que fiz a escolha certa.

Por ela eu enfrentei os meus maiores medos,

Por ela eu me afastei de quem jamais pensei em me afastar,

Por ela eu me aproximei de quem jamais pensei em me aproximar,

Por ela eu aprendi que o silêncio é o meu melhor amigo nos momentos onde o que mais quero é explodir e gritar,

Por ela eu sinto dores o dia inteiro na coluna e nos braços,

Por ela eu aprendi a lidar com as dores físicas e emocionais de forma leve,

Por ela eu me blindo contra todas as neuroses que rondam toda mãe de primeira viagem,

Por ela eu descobri que o amor maternal é o mais profundo e intenso sentimento que já experimentei,

Por ela eu me afastei de mim mesma, deixando a minha vaidade, os meus anseios profissionais, a minha vida social de lado por tempo determinado para que eu pudesse viver tudo o que vivemos todos os dias,

Por ela eu me deito todas as noites e sorrio em minhas orações agradecendo a Deus e ao Universo por ter me honrado e abençoado me tornando M Ã E,

Por ela eu peço perdão pelos erros que o meu Eu Menor ainda pratica,

Por ela eu invisto no meu desenvolvimento pessoal a fim de despertar para o meu Eu Maior,

Por ela eu tive coragem de iniciar uma nova graduação para viver do que faz sentido para mim,

Por ela eu tive coragem para mudar de Estado e iniciar a nossa vida em um local que nos dê mais qualidade de vida,

Por ela eu continuo firme e comprometida com a minha evolução espiritual durante nessa experiência humana em que vivo,

Por ela,

Para ela,

Com ela,

eu celebro o meu primeiro ano como MÃE feliz e grata por tantos aprendizados que ela me propicia todos os dias.

Minha Pequena,

Mamãe te ama, hoje, e, para todo sempre.

Feliz Aniversário para nós =)

4 comentários

  1. Renato Lima

    Parabéns mamãe ❤

  2. Janyr Souza

    Eu sempre soube que você seria a melhor Mãe que pudesse ser. Que dedicarias a Ela o maior, o mais puro e verdadeiro sentimento que um(a) filho(a) consegue brotar em nosso coração: o Amor incondicional que só quem é verdadeiramente Mãe pode sentir.
    Parabéns!!!❤❤

  3. Jane Gomes

    Parabéns! Ao ler o texto recebi uma emoção muito especial, você comemorando o seu primeiro ano de Mãe e eu os meus vinte e poucos cheios de alegrias, superação e de fé. É muito compensador saber que ainda existem muitas mães que comemoram esse ato de amor e de escolhas bem assumidas. Para você minha eterna admiração.

  4. Luiz Shigunov

    Lindas palavras! <3

Deixe uma resposta para Jane Gomes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *