Conversas em tempos de Pandemia

Pandemia – e o que você tem com isso?

Estamos desde abril enfrentando a pandemia do COVID-19 aqui no Brasil, dois meses de quarentena  e o cenário de contaminação e de mortes só piora a cada dia. Por isso, eu escolhi iniciar esse projeto “Pandemia – e o que você tem com isso?” com o objetivo de conscientizar cada pessoa que passar por aqui no blog a conhecer os diversos cenários de caos e sofrimento que muitas populações estão enfrentando e que não estão sendo noticiados diariamente pela imprensa e nem nas redes sociais.

O maior propósito desse projeto é provocar em cada um e cada uma de vocês que me acompanham aqui no Blog a se atentarem que a solução para essa quarentena não é exclusiva dos Governantes, muito pelo contrário, esse problema só poderá ser resolvido com a atuação e a união de toda a sociedade: cidadãos comuns como eu e você além do poder público, óbvio.

As esferas impactadas pela pandemia é global. O mundo inteiro está perdendo vidas com essa nova doença, os cientistas de vários cantos do mundo estão buscando incansavelmente uma vacina para proteger a sociedade de futuras ondas, profissionais da saúde morrendo pela contaminação, adoecendo mentalmente, crianças sofrendo de ansiedade por não entenderem a razão de ficarem isoladas em casa, pais e mães que temem perder os seus empregos, pessoas em situação de rua desesperadas por não terem como se proteger, profissionais informais perdendo a sua renda de maneira inesperadas e vendo suas famílias passando fome, indígenas e quilombolas jogados a própria sorte são essas algumas das dimensões atingidas pelo novo coronavírus.

E, pasmem! Mesmo diante dessa tragédia humanitária vemos pessoas NÃO usando máscara, vemos pessoas (que podem) NÃO ficando em casa, saindo para beber com os amigos, indo ao salão de beleza, ou seja, levando as suas vidas como se NADA estivesse acontecendo na Terra! (Acho que nem Jesus explica isso, na boa!)

Então, semanalmente, todo domingo, vou abordar uma dessas esferas com informações confiáveis para que você possa conhecer com mais profundidade tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo, e, eu espero, que quando alguém dizer “E daí?” em relação a pandemia, que você tenha conhecimento suficiente para responder que TODOS e TODAS NÓS temos a ver com isso e em NOSSAS mãos está a solução.

Que esse projeto seja fluído, profundo, sincero e consiga nos unir e despertar naqueles e naquelas que os meus textos alcançarem uma nova consciência, uma CONSCIÊNCIA COLETIVA de que TODAS AS VIDAS IMPORTAM.

Hoje, e, até tudo isso passar, encerro minha escrita não apenas desejando LUZ mas também desejando…

Luz, Amor e Cura em nossa caminhada.

Que a Terra se cure de todo mal espalhado por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *