Conversas a dois

Viver a dois é uma arte. Precisamos compreender muito bem os nossos sentimentos, nos conhecermos o mais profundo possível, pois, só assim teremos condições de nutrir de maneira saudável e feliz as nossas relações amorosas, porque o convívio diário, o compartilhar da vida, da intimidade são práticas que requerem profunda consciência de quem somos e do que queremos com essa relação. Sem isso, as culpas, cobranças e alfinetadas passam a dominar o lugar do maior sentimento do mundo, o Amor. E o resultado é uma vida a dois triste, turbulenta e sem sentido.